A MHA Sistemas nasceu através de uma cultura totalmente técnica com adequação de produto visando a área de negócio logístico. Sua principal característica sempre foi de inovação tentando aplicar a tecnologia ao máximo em seu modelo de negócio para extração da informação gerada por seu produto com maior facilidade, rapidez com o menor custo possível.

Com esta cultura de avanço tecnológico voltado ao negócio e acreditando que a informação era realmente o bem mais precioso para todo e qualquer negócio, em 2003 a MHA começou a pensar como poderia tornar seu produto de WMS (warehouse management system) Armhazena uma ferramenta de mais fácil acesso a informação e que fosse conectada não somente a uma única empresa ou a um único centro de distribuição ou estoque, mas que pudesse estar instalada em qualquer lugar do planeta com acesso remoto podendo se conectar a outros sistemas, equipamentos de automação, como coletores, impressoras, transelevadores e esteiras podendo a informação ser acessada  por pessoas e locais diferentes .

Na época a MHA não tinha ideia e visão de que seu investimento no produto se adequaria ao conceito nuvem (Cloud) e a logística 4.0 com um produto estruturado em ambiente tecnológico multidisciplinar com aspectos de governança sobre  orientação por eventos, internet das coisas, capacidade de trocar informação com outros sistemas e equipamentos e tomar decisões de convocações, bloqueios e respostas de forma automática pelo sistema além de separar os processos de uma operação logística em serviços e sempre voltado a disponibilidade. Mesmo não tendo a visão de que um dia estaria sua ferramenta incluída em todos estes conceitos e padrões a MHA decidiu no ano de 2003 que este era o caminho certo a seguir e investiu pesado para que seu produto fosse robusto e ao mesmo tempo flexível em disponibilidade de acesso e comunicação com outros sistemas e equipamentos.

Com o olhar no futuro,  em 2005  dois anos após o início de toda pesquisa e desenvolvimento conseguiu  tornar real sua visão de futuro e seu sistema de WMS Armhazena já se encontrava preparado no mercado para o que hoje classificamos como plataforma nuvem (Cloud) e enquadrado dentro dos padrões e conceitos da  logística 4.0, podendo ser instalado em qualquer lugar do planeta e aberto a múltiplas conexões com outros sistemas ou equipamentos de automação, gerenciando múltiplos centros de distribuição ao mesmo tempo com uma única estância de banco de dados e com regras que avançavam para fora do depósito e conectavam a cadeia de suprimentos.

O Armhazena, produto WMS da MHA Sistemas opera há praticamente 12 anos na plataforma  nuvem  e com conceitos e padrões tecnológicos e de conceito multidisciplinar que faz a logística 4.0 acontecer de forma natural na utilização do produto em todas as suas instâncias de controle e gestão,  gerenciando não somente o estoque ou centro de distribuição como também realiza toda a gestão da cadeia de abastecimento (Supply Chain) rastreando desde a entrega ou coleta dos itens expedidos assim como todo o reabastecimento de processo da cadeia, gerenciando os estoques no ponto de pedido em poder de terceiros, em poder do fornecedor/cliente, workflow de aprovação, retail, conectando pessoas, processos, equipamentos, tomadas de decisão e utilizando de diversos algoritmos que avaliam as informações processadas dentro da ferramenta e optam pela tomada de decisão de ajuste de processo de forma independente.

armhazena-supply

Para a MHA o conceito logística 4.0 que integra a comunicação gerencial e de automação independente é a realização e concretização do que foi pensado há 12 anos atrás e se mantém em evolução constante, rápida e de forma estruturada tanto no quesito de infra estrutura  que permite o conceito da logística 4.0  funcionar quanto a cultura das empresas e pessoas se acostumarem e acreditarem que a inter conectividade e tomadas de decisão por sistemas autônomos baseados na inteligência artificial são seguras e de grande eficácia.